Com o intuito de abreviar, ao máximo possível, o tempo de permanência de crianças e adolescentes encaminhados para o serviço de acolhimento executado pela Pastoral do Menor de Alagoinhas através do seu abrigo provisório Sementes do Amor, o sistema de garantia de direitos em rede de proteção, realizou no dia 20/06/2018 Audiência Concentrada na sede da instituição, com a participação da Defensoria Pública, Vara da Infância, Promotoria de Justiça, CREAS, SEDUC, SESAU, Conselho Tutelar e equipe técnica do abrigo provisório, possibilitando o retorno de crianças e adolescentes ao convívio familiar.